Suponha que você precisa resolver o seguinte problema: dado uma sequência de N números, de posições de 1 a N (ao invés de 0 a N-1)  você tem que responder Q perguntas sobre ela da forma: dados X,Y, você precisa responder qual a soma dos números na posição X e Y da sequência. Você vai precisar armazenar N variáveis, ou seja, além de N poder ser grande ele é indefinido. Como vamos resolver isso? Vamos criar um vetor.

Um vetor é uma sequência de variáveis do mesmo tipo onde é possível acessar cada uma delas individualmente pelo seu índice. Veja como podemos declarar um vetor:

// primeiro especificamos o tipo de variável,
// depois o seu nome e por último seu tamanho entre colchetes

int v[100];

Vamos supor que o problema nos dá que o tamanho máximo de N é 1000. Neste caso vamos declarar um vetor de inteiros de 1010 posições(é sempre bom declarar o vetor com umas posições a mais sobrando). Veja o código:

#include <iostream>
using namespace std;
 
// um costume que é bom ter para evitar erros e deixar o código mais organizado é 
// declarar o tamanho do vetor antes(fora da main) como uma variável constante e global
const int maxn = 1010;
 
// declaro meu vetor com maxn posições também global para evitar erros no programa
int v[maxn];
 
int main()
{ 
	int n, q, x, y; // declaro minhas outras variáveis
 
	cin >> n >> q; // leio N e Q
 
	for(int i = 1 ; i <= n ; i++)
	{
		cin >> v[i]; // leio a sequência, salvando no meu vetor
	}
 
	for(int i = 0 ; i > q ; i++)
	{
		cin >> x >> y; // leio as posições da sequência que devemos imprimir a soma

		cout << v[x] + v[y] << "\n";
	}

	return 0;
}

Problemas para praticar: